Genro de Trump constrói edifício de luxo com dinheiro destinado a bairros sociais

A empresa de Jared Kushner, genro do presidente Donald Trump, para beneficiar investidores estrangeiros que compravam imobiliário de luxo para obtenção de um visto, conseguiu redesenhar e promover um edifício de luxo num zona pobre de New Jersey.

FILE PHOTO – U.S. President Donald Trump and his senior advisor Jared Kushner arrive for a meeting with manufacturing CEOs at the White House in Washington, DC, U.S. February 23, 2017. REUTERS/Kevin Lamarque/File Photo

O genro de Donald Trump e seus sócios, com a ajuda das autoridades estaduais em 2015 aproveitou uma ‘brecha’ na lei onde permite redesenhar mapas para se candidatar ao financiamento externo para desenvolver projetos em bairros com alto índice de desemprego.
Com esta manobra, uma investigação revelada pelo The Washington Post, revelou que Jared Kushner, marido de Ivanka Trump, conseguiu ficar com milhões com a construção de um edifício de 50 andares, baptizado 65 Bay Street, com vista para Manhattan.

O El País avança que em projetos de construção em Nova Jersey, em 2015, a Kushner Companies ganhou 50 milhões de dólares com investidores estrangeiros através do programa de vistos. Isso permitiu-lhe não ter de recorrer a meios convencionais de financiamento, como empréstimos bancários.

Hoje, apesar de ter sido afastado da maioria de seus negócios, Kushner mantém uma percentagem de controle sobre o edifício.

Recomendadas

Três Dolce Vita colocados à venda por 15 milhões de euros

Em todos os casos, caso não hajam ofertas superiores ao valor mínimo, serão admitidas propostas mais baixas.

Savills fica responsável pela gestão do edifício Atlas III

Atlas III, em Miraflores, é o mais recente empreendimento sob a gestão da Savills.

Dona da Comporta estuda “projeto estratégico” a preços acessíveis no Parque das Nações

A Vanguard Properties quer construir três prédios no total, com o valor do investimento a rondar os 30 a 35 milhões de euros.
Comentários