Governo lança estudos e projetos sobre gestão da água em Portugal

No âmbito do Plano Nacional de Eficiência Hídrica na Administração Pública, proceder-se-á ao lançamento de um projeto-piloto na cidade de Lisboa.

O ministro do Ambiente vai presidir à sessão comemorativa do Dia Mundial da Água, que se realiza, a partir das 16 horas de hoje na Academia das Águas Livres, em Lisboa. Este será um dos pontos altos desta conferência do ‘Estudo Nacional sobre Atitudes e Comportamentos dos Portugueses face à Água’, a cargo de João Nuno Mendes, presidente da AdP – Águas de Portugal.

Por seu turno, Graça Fonseca, secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, irá abordar as temáticas debatidas no ciclo de encontros do OPP – Orçamento Portugal Participativo subordinado ao tema da ‘Água’.

No âmbito do Plano Nacional de Eficiência Hídrica na Administração Pública, proceder-se-á ao lançamento de um projeto-piloto na cidade de Lisboa.

Será também feito o lançamento de diversos avisos ENEA – Educação Ambiental Mais Sustentável, no âmbito dos programas ‘Água para Todos’ e ‘Repensar os Rios e Ribeiras’.

Depois da sessão de encerramento desta sessão, que será presidida por João Pedro Matos Fernandes, terá lugar uma visita guiada ao troço final do Aqueduto das Águas Livres, à Mãe d’Águas das Amoreiras e à Sala do Registo, onde será realizada uma prova de águas.

Recomendadas

Governo disponibiliza 600 mil euros para apoiar agricultores de Mação, Vila de Rei e Sertã

Esta decisão decorre da publicação, hoje, em Diário da República, de um despacho que reconhece este incêndio como “catástrofe natural”.

Fundo Ambiental vai aplicar um milhão de euros na adaptação às alterações climáticas

Proteção ao litoral, na recuperação de solos e na reabilitação da rede hidrográfica são algumas das áreas em que o Fundo Ambiental poderá conceder apoio financeiro.

Parlamento recomenda ao Governo declaração do estado de urgência climática

Foi publicada nesta segunda-feira, 29 de julho, a resolução da Assembleia da República que recomenda ao Executivo de António Costa que assuma o compromisso de promover a máxima proteção de pessoas, economias, espécies e ecossistemas, e de restaurar condições de segurança e justiça climáticas.
Comentários