Grupo DIA regista no primeiro semestre do ano vendas brutas sob insígnia de 4.600 milhões

As vendas comparáveis em Espanha cresceram 0,3% e, a nível do Grupo, 1,8%. No primeiro semestre do ano, foram remodeladas 903 lojas, das quais 860 em Espanha. O Grupo DIA mantém o nível de reconversões de 1.090 lojas para todo o exercício de 2018.

O Grupo DIA registou vendas brutas sob insígnia nos primeiros seis meses do ano de 4.600 milhões de euros, o que representa um crescimento de 1,4% em moeda local, relativamente ao mesmo período do ano anterior, diz a cadeia de supermercados espanhola em comunicado.

A Distribuidora Internacional de Alimentación, é uma rede de supermercados de descontos com sede em Madrid.

O EBITDA ajustado situou-se nos 226 milhões de euros, menos 14,6%, e o resultado líquido ajustado desceu 44% para os 66,1 milhões de euros.

A empresa decidiu descontinuar as operações do seu negócio de Cash&Carry Max Descuento, que compreendia 35 estabelecimentos em Espanha. No final de junho de 2018, o Grupo DIA contava com uma rede de 7.409 lojas.

As vendas comparáveis em Espanha cresceram 0,3% e, a nível do Grupo, 1,8%.

No primeiro semestre do ano, foram remodeladas 903 lojas, das quais 860 em Espanha. O Grupo DIA mantém o nível de reconversões de 1.090 lojas para todo o exercício de 2018.

Em Espanha, as vendas online alcançaram de janeiro a junho os 39 milhões de euros, o que representa um avanço de 48%.

A empresa diz que a “Argentina viveu um período de grande depreciação da moeda local no segundo trimestre de 2018. Neste contexto, o nosso negócio fortaleceu-se com ganhos de quota de mercado e crescimento do lucro operativo”.

Já no Brasil, “as vendas seguiam em bom ritmo desde março, mas as greves no sector dos transportes tiveram impacto direto nas nossas operações. A cadeia de abastecimento sofreu um forte impacto destas greves, com um elevado número de falhas no período de maio e junho, com consequência direta na deterioração das vendas e da rentabilidade no trimestre. A partir de julho, o negócio retomou a normalidade”, diz a empresa de retalho alimentar.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários