Grupo português Quadrante desenvolve sistema de abastecimento e saneamento de água em Angola

Para a realização do projeto e infraestruturas necessárias, a empresa de engenharia vai desenvolver os estudos prévios, projetos base e projetos de execução, bem como a fiscalização posterior das obras.

A Direção Nacional de Água (DNA) de Angola selecionou a Procesl-Quadrante, empresa do grupo Quadrante, em consórcio com uma empresa angolana, para desenvolver o projeto do sistema de drenagem e tratamento de água (ETAR) da cidade e município de Sumbe, capital da província do Kwanza-Sul. O projeto incluirá igualmente a expansão do Sistema de Abastecimento de Água, diz a Quadrante em comunicado.

Para a realização do projeto e infraestruturas necessárias, a empresa de engenharia vai desenvolver os estudos prévios, projetos base e projetos de execução, bem como a fiscalização posterior das obras.

Carlos Fernandes Jorge, responsável pela área de Infraestruturas hidráulicas do Grupo Quadrante, afirma que “a necessidade de criar condições básicas de saneamento é fundamental para a evolução sustentável de qualquer região. Espera-se que esta intervenção venha a servir 400 000 habitantes em 2040, sendo que atualmente tem cerca de 290 000, reforçando o impacto da obra na melhoria das condições de vida das populações mais desfavorecidas”.

“O projeto é também um sinal da importância da internacionalização das empresas nacionais, fortalecendo laços com Angola”, adianta no comunicado.

 

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários