Hells Angels: PGR confirma operação para desmantelar associação criminosa

A Polícia Judiciária desencadeou nesta quarta-feira, 11 de julho, uma megaoperação contra o grupo de motards, com 55 mandados de detenção e 80 de buscas. A operação insere-se no âmbito de vários inquéritos em que se investigam as atividades ilícitas desenvolvidas em território nacional pelos Hells Angels.

A Procuradoria Geral da República (PGR) confirmou  que está em curso uma “complexa investigação” que desencadeou nesta quarta-feira, 11 de julho, uma megaoperação  contra o grupo de motards Hells Angels. Mais de 400 elementos da PJ estão no terreno para a execução de cerca de 80 mandados de busca e de dezenas de mandados de detenção de suspeitos de associação criminosa.

“No âmbito de inquérito dirigido pelo Ministério Público do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), a Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT) da Polícia Judiciária, na sequência de uma complexa investigação, desencadeou uma operação tendo em vista o desmantelamento de uma associação criminosa”, avança a PGR em comunicado.

Segundo o gabinete da Procuradora Geral da República, Joana Marques Vidal, a operação insere-se no âmbito de vários inquéritos em que se investigam as atividades ilícitas desenvolvidas em território nacional pela organização Hells Angels Motorcycle Club (HAMC).

“No dia de hoje decorrem diligências de execução de cerca de 80 mandados de busca e de dezenas de mandados de detenção de suspeitos de integrarem esta estrutura criminosa”, realça em comunicado, adiantando que nestas diligências participam cerca de 400 elementos da Polícia Judiciária.

Os detidos irão ser presentes a partir de amanhã a primeiro interrogatório judicial para a aplicação das medidas de coação.

Nesta investigação, o Ministério Público é coadjuvado pela Polícia Judiciária.

 

Ler mais
Relacionadas

Relatório das secretas indica que extrema-direita regressou em força a Portugal

À semelhança de outros países europeus, a fração radical tem endurecido o seu discurso com a fenómeno migratório a a crise dos refugiados.

PSP deteve quatro elementos conotados com Hells Angels antes de rixa em Loures

A PSP deteve há cerca de três semanas, numa ação de combate ao crime violento, em Lisboa, quatro elementos conotados com o grupo de motards Hells Angels e apreendeu diversas armas ilegais, disse à Lusa fonte policial.
Recomendadas

Justiça arquiva investigação à Yupido, a startup portuguesa com capital social de 29 mil milhões

Yupido captou a atenção da comunicação social em setembro de 2017, após o economista Carlos Pinto ter divulgado nas redes sociais o capital social desta startup tecnológica. Até ao dia de hoje, a Yupido nada produziu, nem regista atividade pública. O revisor oficial de contas que avaliou o capital da empresa foi suspenso dois anos.

Estado não cumpre pagamentos de indemnizações por falta de dotação orçamental

Estado devia ter pago 18 milhões de euros em indemnizações mas só pagou pouco mais de sete mil euros, no final de 2018, por decisões na Justiça. Relatório revelou que dotação orçamental é insuficiente para cumprir com os pagamentos das indemnizações.

Tribunais afastaram 64 políticos e gestores em oito anos

Em 2012 e 2013 verificou-se o maior número de perdas de mandato (seis) e destituições (cinco), escreve o JN.
Comentários