Hotéis da Madeira com 92% de ocupação no fim-do-ano

Os hotéis da Madeira vão estar com ocupações acima dos 92% neste próximo fim-do-ano. Um valor percentual que assenta na última sondagem, desenvolvida pela Direção Regional de Turismo, à hotelaria regional, no que respeita à previsão da ocupação nestes últimos dias de 2016.

A acontecer, será a melhor ocupação dos últimos seis anos. Por exemplo, em 2015 foi de 91%, e em 2014, rondou os 90%. E em 2010, em 2011 e em 2012, atingiu os 77%, os 66% e os 78%, respetivamente.

Comparativamente à auscultação realizada no passado mês, por ocasião da conferência de imprensa de apresentação do programa oficial das festas de Natal e do Fim-do-ano, verificou-se um aumento de dois pontos percentuais nesta estimativa.

O secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, considera que esta é “a melhor forma de encerrarmos um ano que tem sido de crescimento a todos os níveis, neste setor, o que nos deixa altamente satisfeitos, confiantes e, naturalmente, motivados para o futuro”. Diz ainda que é “a melhor forma de homenagear todos aqueles que trabalham neste setor e que, ao longo deste ano, em muito contribuíram para que atingíssemos estes patamares”.

O governante madeirense sublinha que se salda, assim, o presenta ano, com uma grande expetativa para 2017, “visando, acima de tudo, manter os níveis de ocupação e a tendência de crescimento no preço com que, atualmente, se vende a Madeira e o Porto Santo”. Considera que esta “é a melhor forma de valorizar o setor, de valorizar as unidades que compõem a oferta e, simultaneamente, permitir que o destino tenha, no futuro, capacidade de investimento na sua requalificação, garantindo-se, assim, uma capacidade de resposta e uma correspondência à expetativa das pessoas que nos procuram”.

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários