Indústria manufatureira da China acelera em maio

A atividade da indústria manufatureira (PMI, na sigla em inglês) da China acelerou 51,9 pontos em maio, mais cinco décimas do que em abril, superando as expetativas das autoridades, indicam dados oficiais hoje divulgados.

O PMI cresceu, em maio, ao ritmo mais rápido desde outubro passado e acima do registado no mesmo mês de 2017, quando se fixou em 51,2 pontos.

Quando se encontra acima dos 50 pontos, o PMI sugere uma expansão do setor, pelo que abaixo dessa barreira pressupõe uma contração de atividade. O índice é tido como um importante indicador mensal do desenvolvimento da segunda economia mundial.

“O setor manufatureiro cresceu a um ritmo mais rápido, num momento em que o crescimento é mais forte do que o esperado”, afirmou Zhao Qinghe, analista do Gabinente Nacional de Estatísticas (GNE) chinês.

O GNE acrescentou ainda que o setor dos serviços cresceu 54,9 pontos, em maio, uma décima acima do registado no mês anterior.

Numa nota aos clientes, a unidade de análise financeira Capital Economics recomendou cautela, apesar dos dados positivos.

“Duvidamos que este vigor se mantenha por muito mais tempo, visto que parece refletir sobretudo um impulso temporário da produção industrial devido ao relaxamento das políticas de combate à poluição”, afirmou.

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários