Inflação em Portugal acelera para 1% em maio

O valor revelado pelo INE representa um subida face aos 0,4% de abril, refletindo a dissipação do efeito de base associado ao calendário da Páscoa em 2017 e a subida recente dos preços dos combustíveis.

Cristina Bernardo

O Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá tido uma variação homóloga de 1% em maio, segundo a estimativa rápida divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) esta quarta-feira, um valor que representa uma aceleração face aos 0,4% do mês anterior.

Em termos mensais, a variação terá sido de 0,4%,  o que compara com o valor definitivo de 0,7% em abril.

“A aceleração do IPC reflete a dissipação do efeito de base associado ao calendário da Páscoa em 2017, tal como referido no destaque do mês anterior, e também a evolução recente dos preços dos combustíveis”, explicou o INE.

Adiantou ainda que  a variação homóloga estimada do indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) é de 0,6%, face ao valor final de abril de 0,2%.

Os dados definitivos referentes ao IPC do mês de maio serão publicados no próximo dia 12 de junho.

[Atualizada Às 10h52]

Ler mais
Relacionadas

Portugal regista 3ª taxa de inflação mais baixa da UE em abril

A taxa de inflação anual da zona euro foi de 1,2% em abril, segundo os dados divulgados esta quarta-feira pelo Eurostat.

Inflação cai para 0,4% em abril

O Instituto Nacional de Estatística revelou esta quinta-feira que o Índice de Preços do Consumidor diminuiu 0,3 pontos percentuais no mês passado, comparativamente a março.

Inflação de Espanha desce ligeiramente para 1,1% em abril

O Índice de Preços no Consumidor espanhol teve uma subida anual de 1,1% em abril, uma décima menos do que em março, influenciado pela evolução em baixa nos setores ligados ao lazer, cultura e restauração.

“Inflação deverá aumentar após a recente recuperação dos preços do petróleo”, segundo BCE

No Boletim Económico publicado esta quinta-feira, a instituição afirma que as tensões geopolíticas relacionadas com a relação entre EUA e Irão, bem como o equilíbrio praticamente completo do mercado petróleo, estão a impulsionar os preços da matéria-prima.
Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários