Investimento empresarial revisto em alta nos 5,1%

Os dados mostram que os empresários e gestores do setor privado em Portugal estão mais confiantes do que há seis meses atrás, em que previam uma variação de 3,7% no investimento.

O investimento empresarial foi esta segunda-feira revisto em alta pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), prevendo-se que aumente 5,1% até ao final deste ano. Os dados mostram que os empresários e gestores do setor privado em Portugal estão mais confiantes do que há seis meses atrás, em que previam uma variação de 3,7% no investimento.

“O investimento empresarial em termos nominais deverá aumentar 5,1% em 2018, revendo em alta a expectativa de variação de 3,7%”, revela o Inquérito de Conjuntura ao Investimento, publicado esta segunda-feira pelo INE. As atividades económicas que mais contribuíram para esta subida foram as dos Transportes e Armazenagem (contributo de 2,0 pontos percentuais e variação de 30,9%) e das Indústrias Transformadoras (contributo de 1,5 pontos percentuais e variação de 4,7%).

As empresas de grande dimensão lideram na perspetiva de reforço do investimento. “O crescimento da FBCF [formação bruta de capital fixo ou investimento descontando as depreciações ou apreciações dos materiais em stock] em 2018 deve-se ao contributo positivo de 6,3 pontos percentuais das empresas do 4.º escalão (500 ou mais pessoas ao serviço), em resultado de uma variação de 16,5%”. Seguem-se as empresas de 3.º escalão (com 250 a 499 trabalhadores), onde o aumento previsto é de 6,3%.

O estudo revela ainda que os maiores entraves ao investimento continua a ser “a deterioração das perspetivas de vendas (25,6% e 25,4% em 2017 e 2018, respetivamente), seguindo-se a insuficiência da capacidade de autofinanciamento (20,9% e 21,2%, pela mesma ordem)”.

O inquérito realizado entre 1 de abril e 28 de junho aponta ainda para um crescimento nominal de 7,3% do investimento no ano passado, revendo também em alta o resultado do inquérito de outubro (5,5%).

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários