Investimento público aumentou 25% no ano passado

O montante da despesa pública alocado ao investimento, em 2017, foi de 3.415 milhões de euros, consideravelmente acima do ano anterior. Ainda assim, o valor fica abaixo dos dois anos anteriores.

Cristina Bernardo

A despesa das Administrações públicas com investimento foi de 3.415 milhões de euros, em 2017. O valor, divulgado esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), significa um aumento de 24,9% no investimento público em relação ao ano anterior.

O disparo na comparação homóloga do valor alocado à Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) deveu-se em parte a efeitos de base já que, em 2016, o investimento público foi de apenas 2.733 milhões de euros. Nos últimos dois anos, o valor ficou abaixo dos 4.045 milhões de 2015 (-15,5%) e dos 3.446 milhões de 2014 (-0,9%).

Já se sabia que o investimento foi um dos principais fatores de crescimento económico em 2017. O montante global (público e privado) subiu 8,4% no conjunto do ano, período em que o Produto Interno Bruto (PIB) aumentou 2,7%. Os dados publicados esta segunda-feira mostram que o investimento público registou um aumento superior ao privado.

“A despesa de capital em 2017, que inclui o impacto da operação extraordinária de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos, aumentou consideravelmente. Mesmo sem considerar o efeito desta operação, a despesa de capital apresentou uma variação positiva, impulsionada pelo aumento do investimento (formação bruta de capital)”, explicou o relatório do INE.

O instituto anunciou esta segunda-feira que a injeção de 3.944 milhões de euros no banco público vai ser contabilizada no défice orçamental de 2017. A necessidade de financiamento das Administrações Públicas atingiu assim os 5.709,4 milhões de euros e o rácio do défice subiu assim para 3% do PIB, mas excluindo a recapitalização, o teria sido de 1%, o valor mais baixo em democracia.

Para 2018, a estimativa de Formação Bruta de Capital Fixo é de 4.577 milhões de euros, o que poderá significa um aumento de 25,4% em relação ao ano anterior.

Recapitalização da CGD aumenta défice para 3% em 2017

Ler mais
Relacionadas

Maior crescimento dos últimos 19 anos: investimento sobe 8,4% em 2017

O INE confirmou hoje que o Produto Interno Bruto (PIB) aumentou 2,7% no conjunto do ano passado, destacando o contributo da procura interna e, sobretudo, a aceleração do investimento
Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários