IRS: como receber o reembolso em menos de 15 dias

Cerca de três milhões de agregados familiares vão receber este ano o cheque do reembolso do IRS em menos de 15 dias. Saiba o que é que deve fazer para reduzir para quase metade o prazo para o Fisco acertar as contas consigo.

O Conselho de Ministros aprovou no final do ano passado o alargamento do IRS automático a todos os contribuintes com rendimentos de trabalho dependente e/ou de pensões que tenham dependentes a cargo. A medida vai permitir a cerca de três milhões de agregados familiares receber o cheque do reembolso do IRS em menos de 15 dias.

Para isso, os contribuintes têm apenas de aceder, validar e submeter o IRS automático, no Portal das Finanças. O pagamento do reembolso será feito a partir do momento em que confirmar a informação constante na declaração provisória preenchida pelo Fisco e a submeter como definitiva. O ano passado,  foram necessários, em média, 23 dias para a Autoridade Tributária proceder aos reembolsos.

Relembre-se que deve entregar a declaração de IRS, com preenchimento automático, no início do mês de abril. O prazo para receber o reembolso do IRS depende do tempo de processamento dos serviços, que pode em alguns casos ultrapassar ou ser menor do que o tempo médio estimado. Até 31 de julho de 2018, os contribuintes devem receber, através de transferência bancária, cheque ou vale postal, o reembolso a que têm direito.

 

Está abrangido pela declaração automática do IRS? Saiba o que fazer

Ler mais
Recomendadas

Saiba quais as medidas de segurança nos locais destinados à dança

É obrigatório ter serviço de vigilância com recurso a segurança privada, aplicável obrigatoriamente em espaços com lotação igual ou superior a 200 pessoas.

Está à procura de um sítio para ficar estas férias? Deco sugere Eco Hotel

Ao estar a selecionar a opção de ficar num alojamento Ecológico, está também a contribuir para garantir mais sustentabilidade e um meio ambiente muito melhor.
Comentários