Ivanka Trump vai fechar negócio de roupa

O anúncio acontece numa altura em que Trump aumenta a escalada comercial contra a China, país onde são fabricados grande parte dos artigos da griffe de moda da filha.

A filha mais velha de Donald Trump e uma das principais conselheiras da Casa Branca desde que o pai assumiu a Presidência dos Estados Unidos, Ivanka Trump vai fechar os seus negócios na moda. Um porta-voz da marca confirmou que o processo de liquidação da empresa começaria imediatamente.

Ivanka justifica a decisão com o trabalho na Administração norte-americana. “Depois de 17 meses em Washington, não sei quando ou se  voltarei aos negócios”, disse Ivanka Trump, citada pelo jornal The New York Times, “mas sei que o meu foco no futuro próximo é o trabalho que estou a fazer aqui em Washington. Portanto, tomar esta decisão é o único que posso fazer pela minha equipa e parceiros.”

Quando Ivanka Trump se mudou para Washington com a família, assumiu o compromisso de se distanciar dos negócios, mas, os seus detratores acusam-na de ter continuado a manter um interesse financeiro na marca através de uma relação de confiança que lhe dava autoridade para aprovar novos negócios. Dados vindos, recentemente, a público mostram que a empresária ganhou mais de cinco milhões no ano passado.

A maior rede de retalho do Canadá, Hudson’s Bay Company tinha anunciado já este mês que ia deixar de comercializar a insígnia de Ivanka Trump.

Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários