Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

A multinacional japonesa NEC iniciou este mês os testes aos seus drones tripulados, com o objetivo de ser líder de mercado neste tipo de “aeronaves”. O primeiro teste durou cerca de um minuto, e aconteceu dentro de uma “cela” de segurança no edifício de testes da empresa. É a primeira vez a nível mundial que acontece.

De acordo com a Bloomberg, citada pelo Engadget, esta foi a primeira demonstração deste tipo de veículos, sendo que até agora os testes tinham sido feitos sem nenhum tripulante. Os drones tripulados pesam 150 quilos e terão 3.9 metros de comprimento sobre 3.7 metros de largura.

Kouji Okada, líder do projeto, afirmou que o “Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”, disse citado pela Bloomberg.

O Japão tem planeado já para 2023 o uso massificado de drones não tripulados para entrega de encomendas. O Governo planeia utilizar mais meios aéreos como forma de dinamizar a sociedade japonesa no que diz respeito ao transporte quer de cargas quer de pessoas.

A NEC apesar de ser a empresa pioneira de testes com drones tripulados, não é a única a desenvolver esta tecnologia. Empresas como a Amazon, Uber ou a Google, estão também a ativamente a desenvolver drones capazes de fazer entregas de encomendas ao domicílio, e também os drones tripulados estão nas suas agendas, ainda que numa fase embrionária.

A grande vantagem da NEC em relação aos seus competidores é a colaboração direta que tem com o Governo japonês, e o desejo deste de aplicar esta tecnologia no quotidiano dos cidadãos nipónicos.

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.

A transformação digital à distância de um clique

As empresas têm de reinventar-se e de criar estratégias de gestão focadas na digitalização e inovação do negócio para prosperarem no mercado global.
Comentários