“Je suis Facebookiano, mas não se esqueçam de ser felizes”. Bruno de Carvalho explica comportamento na rede social

“Está claro para mim que o Facebook é a minha ferramenta de eleição dos tempos modernos para ouvir e ser ouvido. Uma porta de abertura fácil ao conhecimento e à interação”, escreveu o presidente suspenso do Sporting CP.

António Cotrim/Lusa

O ex-presidente do Sporting Clube Portugal, Bruno de Carvalho, conhecido pela efervescência que deposita nas suas opiniões divulgadas na sua pagina de Facebook sobre o clube, dirigentes e futebol português, publicou esta terça-feira mais uma opinião em jeito de explicação do seu comportamento na rede social nos últimos meses. “Je suis Facebookiano, mas não se esqueçam de ser felizes”, pede.

Bruno de Carvalho intitula o texto de “Facebook, para trás e para a frente” e nele assume uma presença assídua na rede social, explicando os excessos de linguagem e críticas porque o Facebook é “um meio de excelência para um contacto direto cheio de riqueza de passagem de conhecimento e de aprendizagem, mas com um lado perverso promotor de sobredosagem de informação e muitas vezes usado como fonte de radicalismos de pensamento”.

“E eu, um facebookiano assumido, tenho de confessar que já vivi e assisti a todos esses estágios e realidades”, admite.

Bruno de Carvalho que está envolvido num processo disciplinar no clube de Alvalade, cujo desfecho pode ditar a suspensão dos seus direitos enquanto sócio do Sporing CP, diz ter abusado na sua presença na rede social. Mas justifica-se: “Está claro para mim que o Facebook é a minha ferramenta de eleição dos tempos modernos para ouvir e ser ouvido. Uma porta de abertura fácil ao conhecimento e à interação”.

“Mas como tudo o que é bom temos de saber dosear, temos de saber filtrar, temos de saber usar. Não podemos pedir a uma ferramenta que se substitua aos nossos instintos e à nossa natureza enquanto pessoas. O Mundo é o que dele fazemos e as comunidades os reflexos da nossa essência”, prossegue.

Aquele que foi o homem-forte dos ‘leões’ nos últimos cinco anos conclui o seu texto com o que confessa ser uma “lição”: “Não devemos rejeitar a facilidade em comunicar com o Mundo, mas que qualquer facilidade tem o seu reverso exigindo uma maior concentração na arte de o bem fazer”.

Ler mais
Relacionadas

Domingos Soares de Oliveira: “Contrato da NOS permitiu-nos praticamente pôr o passivo bancário a zero”

Administrador da SAD do Sport Lisboa e Benfica diz que “dentro de, talvez, um ou dois anos” a banca portuguesa vai voltar ao futebol e que o clube não equacionou o “impacto que teria uma hipotética contratação de algum atleta do Sporting”.

Sporting: avança processo disciplinar contra Bruno de Carvalho e restante conselho diretivo destituido

Bruno de Carvalho apelou recentemente à comissão de fiscalização o fim da suspensão do antigo conselho diretivo, mas tal não se sucederá. O órgão que exerce as funções do conselho fiscal e disciplinar, temporariamente, quer “fazer cumprir os estatutos e a lei”.
Recomendadas

Arranca hoje a corrida do FC Porto pela Champions de olho em encaixe de 44 milhões

Sérgio Conceição e os seus homens estão a, pelo menos, 360 minutos de distância de poderem engordar a conta bancária dos azuis e brancos de forma generosa. Este encaixe financeiro é visto como fundamental pela SAD portista. 

Benfica celebra parceria com Placard por três anos

O Sport Lisboa e Benfica acaba de celebrar uma parceria com o Placard.pt que, nos próximos três anos, será o patrocinador oficial de apostas desportivas do clube. Segundo um comunicado do clube da Luz, “o Placard.pt marcará presença relevante tanto no ‘site’ oficial, como nas várias plataformas digitais do Benfica, sendo que ambas as entidades […]

Estádio do Estrela da Amadora na Reboleira vai a leilão por seis milhões de euros

No decorrer de um processo de insolvência do Estrela da Amadora, foi fundado um novo clube, o Clube Desportivo Estrela, que usa as instalações da Reboleira.
Comentários