Jerónimo Martins: lucros sobem para 180 milhões no primeiro semestre

A Jerónimo Martins divulgou hoje as contas referentes aos primeiros seis meses do ano onde se destaca um crescimento dos lucros de 3,9%.

Foto: Cristina Bernardo

A Jerónimo Martins divulgou hoje as contas referentes ao primeiro semestre onde se destacam os lucros de 180 milhões de euros, o que representa um crescimento de 3,9% face aos valores apresentados no primeiro semestre de 2017.

“Os resultados do primeiro semestre confirmam que nossos negócios estão bem posicionados para continuar a registar um desempenho robusto”, realçou a retalhista no comunicado remetido à CMVM.

A Jerónimo Martins dá destaque ao crescimento das vendas da Biedronka de 7,5% neste período, mais 3,3% do que no segundo trimestre, destacando que a “economia polaca está a crescer e mantemos uma perspetiva positiva sobre o consumo.

Na Colômbia, a Ara também mostrou uma boa performance com as vendas a crescer 66,8% mais 60,3% do que no segundo trimestre: “Na Colômbia, a Ara manter-se-à focada no ritmo de expansão para ganhar escala e prevê abrir 100 lojas no segundo semestre”.

De referir que a dívida líquida era de 367 milhões de euros no final de junho, após o pagamento, em maio, de dividendos no valor de 385 milhões de euros.

Já o EBIDTA do grupo aumentou 7,4%.

Ler mais
Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários