Juros da dívida de Portugal a subir a 2 anos e a descer a 5 e 10 anos

Os juros de Itália estavam a subir em todos os prazos, bem como os da Grécia, enquanto os de Espanha e Irlanda desciam em todos os prazos.

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje de manhã a subir a dois anos e a descer a cinco e dez anos em relação a sexta-feira.

Cerca das 08:30 em Lisboa, os juros a dez anos estavam a descer para 1,947%, contra 1,976% na sexta-feira e o mínimo desde maio de 2015, de 1,742%, em 21 de dezembro do ano passado.

No prazo de cinco anos, os juros também estavam a recuar, para 0,548%, contra 0,580% na sexta-feira e o mínimo de sempre, de 0,342%, em 23 de janeiro.

Em sentido contrário, os juros a dois anos estavam a subir para -0,066%, contra -0,076% na sexta-feira e o mínimo de sempre, de -0,401%, em 05 de dezembro de 2017.

Os juros de Itália estavam a subir em todos os prazos, bem como os da Grécia, enquanto os de Espanha e Irlanda desciam em todos os prazos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:30:

2 anos…5 anos….10 anos

Portugal

  • 05/03……-0,066….0,548……1,947
  • 02/03……-0,076….0,580……1,976

Grécia

  • 05/03…….1,505….3,609……4,338
  • 02/03…….1,498….3,590……4,326

Irlanda

  • 05/03……-0,477….0,096……1,046
  • 02/03……-0,465….0,117……1,081

Itália

  • 05/03……-0,175….0,721……1,987
  • 02/03……-0,193….0,699……1,962

Espanha

  • 05/03……-0,224….0,365……1,507
  • 02/03……-0,221….0,386……1,536

Fonte: Bloomberg Valores de ‘bid’ (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Ler mais

Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.
Comentários