Louça descartável e biodegradável da Biotrem chega a Portugal

O processo de degradação biológica é realizado através de compostagem em apenas 30 dias, o que compara com os 500 anos necessários para degradar um prato de plástico descartável.

A louça descartável e biodegradável, desenvolvida e fabricada pela empresa polaca Biotrem, entrou no mercado português através da Soditud. Estes produtos são feitos de farelo de trigo não processado e são uma alternativa ecofriendly a dos utensílios de mesa descartáveis feitos de plástico, papel ou produtos de base biológica processados quimicamente com uma pegada ambiental elevada.

Através de um subproduto comumente disponível no processo de moagem de cereais, a Biotrem usa uma tonelada de farelo de trigo para criar até 10 mil pratos, tigelas ou copos.

O processo de degradação biológica é realizado através de compostagem (não requer compostagem industrial) em apenas 30 dias, o que compara com os 500 anos necessários para degradar um prato de plástico descartável.

A louça de farelo de trigo descartável e biodegradável pode ser usada para servir refeições quentes e frias, sólidas como líquidas. Pode também ser usado em fornos convencionais ou fornos de microondas.

Posted by Biotrem Portugal on Tuesday, 1 May 2018

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários