Lucros do Grupo RAR cresceram 23%, para nove milhões de euros

Esta subida dos lucros da RAR foi conseguido apesar de a faturação ter decrescido, para 758 milhões de euros.

O Grupo RAR encerrou o exercício de 2017 com lucros de nove milhões de euros, mais 23% que no ano precedente.

Esta subida dos lucros da RAR foi conseguida apesar de a faturação ter decrescido, para 758 milhões de euros.

O EBITDA ascendeu a cerca de 60 milhões de euros.

Segundo um comunicado, “o exercício de 2017, na sequência dos resultados de 2016, vem confirmar o percurso de recuperação dos níveis de rendibilidade operacional e de resultados líquidos e a diminuição do endividamento que o Grupo RAR tem registado nos últimos anos”.

Em termos operacionais, “a melhoria do desempenho do Grupo foi sobretudo sustentada pelos negócios da Colep e da Vitacress”, acrescenta o referido comunicado da RAR.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários