Lula da Silva vai processar Netflix por causa de série sobre Lava Jato

O antigo chefe de Estado do Brasil afirma que a série “O Mecanismo”, lançada na sexta-feira pela Netflix, é baseada em mentiras e tem como principal objetivo manchar reputações.

Ueslei Marcelino/Reuters

O antigo presidente do Brasil Luís Inácio Lula da Silva anunciou esta quinta-feira que vai avançar com uma queixa-crime contra a Netflix por causa da série “O Mecanismo”, lançada na passada sexta-feira, que aborda a operação Lava Jato. Lula da Silva diz que a série é baseada em mentiras e tem como principal objetivo manchar reputações.

“Nós vamos processar a Netflix. Não temos que aceitar isso, e eu não vou aceitar. O que eles têm é preocupação connosco, é a única explicação que eu tenho”, afirmou Lula da Silva, durante um comício do Partido Trabalhista (PT), no sul do Brasil.

A série acompanha a investigação policial no âmbito da megaoperação Lava Jato, que coincidiu com a presidência de Lula da Silva e da sua sucessora Dilma Rousseff. Na série, os dois dirigentes políticos são protagonizados como conhecedores da teia de corrupção e tráfico de influências que envolveram senadores, empresários e várias figuras políticas. As personagens aparecem com nomes fictícios, mas com o propósito de serem associados às figuras reais que foram ouvidas neste processo.

Recentemente, Lula da Silva foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do apartamento triplex do Condomínio Solaris, no estado brasileiro de Guarujá. O antigo líder do PT alega que é inocente e apresentou recurso da condenação. Caso a pena venha a ser confirmada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Lula da Silva fica impedido de se candidatar às presidenciais de outubro.

Dilma Rousseff, também ela ex-presidente do Brasil, classificou a série como “mentirosa”, “dissimulada” e capaz de “assassinar reputações”. “A Netflix não sabe onde se meteu”, escreveu a antiga chefe de Estado, no Twitter. “A série O Mecanismo, da Netflix, é mentirosa e dissimulada. O diretor inventa factos. Não reproduz ‘fake news’ [notícias falsas]. Ele próprio tornou-se um criador de notícias falsas”.

Relacionadas

Dilma Rousseff contesta série da Netflix sobre a operação Lava Jato

“A série O Mecanismo, da Netflix, é mentirosa e dissimulada. O diretor inventa factos. Não reproduz “fake news” [notícias falsas]. Ele próprio tornou-se um criador de notícias falsas”, acusou Dilma Rousseff.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários