Macron, Sánchez e Juncker em Lisboa no próximo dia 27 a convite de Costa

Na cimeira, que terá lugar no centro de Lisboa, está também prevista a presença do presidente do Banco Europeu de Investimentos (BEI), Werner Hoyer.

O chefe de Estado francês, o líder do Governo espanhol e o presidente da Comissão Europeia estarão em Lisboa, no próximo dia 27, a convite do primeiro-ministro português, para participarem numa cimeira sobre interligações energéticas.

Fonte oficial do Governo português disse à agência Lusa que o Presidente da República de França, Emmanuel Macron, terá antes do início desta cimeira um almoço de trabalho com o primeiro-ministro português, António Costa.

Pela manhã, na Fundação Calouste Gulbenkian, António Costa e Emmanuel Macron estarão também juntos numa iniciativa intitulada “Encontro com cidadãos”, que durará cerca de hora e meia e em que o chefe de Estado francês e o primeiro-ministro português vão responder a algumas perguntas formuladas pela assistência sobre os principais temas da agenda europeia.

Um encontro com idênticas características foi promovido no Porto, por ocasião da recente visita a Portugal da chanceler germânica, Angela Merkel.

No que respeita à cimeira sobre interconexões energéticas no sudoeste europeu – juntando já o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, e o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker -, realizar-se-á na parte da tarde após o almoço de trabalho entre António Costa e Emmanuel Macron.

Na cimeira, que terá lugar no centro de Lisboa, está também prevista a presença do presidente do Banco Europeu de Investimentos (BEI), Werner Hoyer.

“O objetivo central da cimeira é avançar no cumprimento do objetivo europeu em matéria de energia e combate às alterações climáticas”, acrescentou à agência Lusa a mesma fonte do executivo nacional.

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários