Madeira celebra contrato-programa com Escoteiros de Portugal

O conselho de governo aprova ainda um contrato-programa com a Associação Estudantina Académica da Madeira e a expropriação de terrenos para a via expresso entre a Boaventura e São Vicente e entre a Calheta e os Prazeres.

O Governo Regional decidiu estabelecer um contrato-programa com a Associação dos Escoteiros de Portugal no valor de 14 mil euros.

Esta foi uma das decisões do conselho de governo. Este contrato-programa com os Escoteiros de Portugal visa, explica o executivo, dar um apoio à “implementação do plano de atividades” em “áreas de reconhecido interesse regional, no âmbito cultural, educativo, juvenil e social”.

Foi ainda estabelecido um contrato-programa com a Associação Estudantina Académica da Madeira com uma comparticipação de mil e duzentos euros.

O conselho de governo aprovou ainda a expropriação de 12 parcelas de terreno, referente à obra de construção da via expresso entre a Boaventura e São Vicente e mais 11 parcelas referentes à construção da ER 101, entre a Calheta e os Prazeres – Troço Estreito da Calheta/Prazeres – 2ª Fase.

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários