Madeira reforça resposta a catástrofe com 25 telefones satélite e sala de crise

O protocolo assinado entre a Altice Portugal e o Serviço Regional de Protecção Civil vem assegurar uma rede de comunicação alternativa ao SIRESP em situações de emergência.

25 telefones satélites instalados em pontos fulcrais como a sede do Governo Regional, esquadras da PSP, e corporações de bombeiros, e ainda uma sala que vai servir como centro de crise são algumas das novidades do renovado protocolo assinado esta segunda-feira, na Secretaria Regional da Saúde, entre a Altice Portugal e o Serviço Regional de Protecção Civil.

Estes dispositivos são no fundo um plano B, ou uma rede de segurança, que vem reforçar a resposta, em termos de comunicação, em cenário de crise, catástrofe, ou emergência, ao Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança em Portugal (SIRESP), explicou Pedro Ramos, secretário regional da Raúde.

Pedro Ramos reforçou que em situações de emergência é preciso “garantir que as comunicações estão sempre asseguradas” e é com essa perspectiva que a rede de segurança é agora reforçada com estes 25 telefones satélites

A disponibilização de uma sala de crise, por parte da Altice, é também parte integrante deste protocolo assinado entre a empresa a Protecção Civil da Madeira.

A sala de crise, clarificou João Ventura, da Altice, vai estar equipada com infraestruturas que asseguram a qualidade das comunicações nestes cenários de crise.

O protocolo assegura assim uma rede de comunicação alternativa ao SIRESP em situação de emergência.

Ler mais
Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários