Mariano Rajoy diz que testes demonstram que a banca espanhola está “estupenda”

O presidente do Governo espanhol considera que os testes de solvência realizados à banca europeia demonstram que as entidades financeiras espanholas estão estupendas e com capacidade para ajudar na recuperação do país. Mariano Rajoy falava no encerramento do encontro intermunicipal do Partido Popular (PP) na cidade espanhola de Múrcia onde recordou que Espanha levou a […]

O presidente do Governo espanhol considera que os testes de solvência realizados à banca europeia demonstram que as entidades financeiras espanholas estão estupendas e com capacidade para ajudar na recuperação do país.

Mariano Rajoy falava no encerramento do encontro intermunicipal do Partido Popular (PP) na cidade espanhola de Múrcia onde recordou que Espanha levou a cabo uma profunda reforma do seu sistema financeiro.

“É algo de que podemos sentir-nos orgulhosos”, diz, considerando que a banca espanhola é “essencial para aprofundar a recuperação da economia” do país.

Rajoy diz que o executivo levou a cabo a reforma do setor porque boa parte do sistema “estava em falência” e que a solução era “deixar que se afundassem” as entidades ou agir, com o apoio da UE, nomeadamente através de um resgate para o setor bancário.

A solução do resgate evitou quebras nos bancos e permitiu, agora, que as entidades espanholas tenham sido avaliadas positivamente pelo Banco Central Europeu (BCE).

Segundo o Banco de Espanha (BdE) os bancos espanhóis superaram com “folga considerável”, de mais de dois pontos percentuais, o cenário mais adverso nos testes de solvência realizados pelo Banco Central Europeu (BCE) e para Autoridade Bancária Europeia (EBA).

“Estes resultados permitem pensar que, ainda que o setor bancário espanhol se enfrente a desafios importantes a curto e médio prazo, as entidades de crédito do nosso país enfrentam o futuro em boas condições, com os balanços saneados e uma posição de solvência adequada”, explica o BdE.

Apenas uma entidade espanhola, o Liberbank, ficou abaixo do nível estabelecido numa das duas fases dos testes, ainda que o seu défice de capital seja reduzido, de apenas 32 milhões de euros.

OJE/Lusa

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.