Médicos marcam greve de três dias em abril

A decisão foi tomada face à incapacidade do Ministério da Saúde em garantir os diversos compromissos já assumidos.

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) decidiu este sábado realizar uma greve nacional a 10, 11 e 12 de abril, para a qual procurará o envolvimento de todas as associações médicas, disse à agência Lusa fonte da estrutura. Está também prevista uma manifestação em frente ao Ministério da Saúde, em Lisboa, a 10 de abril.

A estrutura vai agora procurar o apoio do Fórum Médico, uma plataforma que reúne todas as associações médicas, afirmou João Proença, o novo presidente da comissão executiva da FNAM, no final de uma reunião do Conselho Nacional, em Coimbra.

A decisão foi tomada “face à incapacidade do Ministério da Saúde em garantir os diversos compromissos já assumidos”, lê-se num comunicado emitido no final do encontro.

Entre as reivindicações da FNAM está a revisão da carreira e das grelhas salariais dos médicos, tendo por base o regime das 35 horas semanais.

O descongelamento imediato da carreira médica e a devida progressão salarial, bem como o propósito de dar um médico de família a todos os cidadãos estão igualmente entre as propostas defendidas pela estrutura representativa dos médicos.

Os médicos pretendem também a abertura de concursos anuais, a criação de um estatuto profissional de desgaste rápido, a separação progressiva dos setores público e privado, além do limite do trabalho extraordinário anual para 150 horas, “em igualdade com toda a outra função pública”.

Ler mais
Recomendadas

Vistos gold: Investimento captado mais do que triplicou em julho para 98,2 milhões de euros

O investimento captado através dos vistos ‘gold’ mais do que triplicou (aumentou 276%) em julho, face ao período homólogo de 2018, para 98,2 milhões de euros, segundo contas feitas pela Lusa com base nos dados estatísticos do SEF.

Número de viciados em jogo online aumentou mais de 8% em Portugal

No espaço de seis meses, 38.600 pessoas pediram para ser impedidas de jogar online, mais 3.200 pessoas face a 2018, uma subida de 8,3%.

Avião de carga aterrou de emergência no aeroporto do Porto  

Um avião de carga com dois tripulantes fez hoje uma “aterragem de emergência” em segurança no aeroporto do Porto devido a um “problema no motor”, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.
Comentários