Menos pasta! Lucros da Portucel até setembro recuam

O resultado líquido da Portucel recuou 11,1% em termos homólogos para 133,1 milhões de euros entre janeiro e setembro, anunciou a empresa num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Já as vendas totais cresceram ligeiros 0,1% para 1.138 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. “Num contexto de queda […]

O resultado líquido da Portucel recuou 11,1% em termos homólogos para 133,1 milhões de euros entre janeiro e setembro, anunciou a empresa num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Já as vendas totais cresceram ligeiros 0,1% para 1.138 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano.

“Num contexto de queda dos preços da pasta e papel, o Grupo Portucel manteve o seu volume de negócios estável”, realçou a empresa liderada por Diogo da Silveira, acrescentando que “o forte volume de vendas de papel registado nos primeiros 9 meses do ano permitiu atenuar o efeito negativo da evolução dos preços de pasta e papel”.

Nos primeiros nove meses do ano, a Portucel atingiu máximos de produção de papel e aumentou o volume vendido em 3,3% para mais de 1,147 milhões de toneladas.

Os resultados operacionais baixaram 10,7% para 164 milhões de euros até setembro, ao passo que os resultados financeiros subiram 57,2% (9 milhões de euros) para 24,6 milhões de euros, uma evolução explicada pelos encargos com o endividamento do grupo, na sequência da renegociação da sua dívida feita em 2013.

“Em maio de 2013, a Portucel procedeu à emissão de 350 milhões de euros de obrigações nos mercados internacionais, alongando a maturidade da sua dívida e melhorando o seu nível de liquidez, mas aumentando simultaneamente o seu custo”, sublinhou a empresa.

Além disso, houve também uma “redução expressiva” na remuneração da aplicação dos seus excedentes de tesouraria, acrescentou.

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.