MEO foi a operadora que mais aumentou descontentamento dos clientes

Número de queixas recebidas pela Anacom subiu no ano passado, sendo que 94% do total de reclamações sobre comunicações eletrónicas foram sobre os três maiores operadores – MEO, NOS e Vodafone. A primeira foi, no entanto, a que registou o maior crescimento das queixas.

O número de queixas recebidas pela ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações aumentaram no ano passado. O regulador recebeu 72 mil reclamações, das quais 17 mil no livro eletrónico (mais 35% que em 2016) e 55 mil no livro físico (mais 3% que no ano anterior), segundo dados divulgados esta quinta-feira pela ANACOM.

No caso do setor das comunicações eletrónicas, os três maiores operadores – MEO, NOS e Vodafone – foram responsáveis por 94% do total de reclamações. “A MEO foi o operador cujas reclamações mais aumentaram face a 2016 (+47%), seguido da Vodafone (+31%) e da NOS (+ 14%)”, explicou a ANACOM.

“Ao nível dos operadores com menor número de clientes registe-se também o significativo aumento do número de reclamações de clientes da NOWO (cujo peso no total das reclamações passou de 2% para 4% do setor). Os principais motivos de reclamações estiveram relacionados com cancelamentos, venda de serviços e faturação”, referiu.

Já sobre as comunicações postais, os CTT foram responsáveis por 93% do total de reclamações recebidas, com um aumento das queixas sobre o operador em 47% face a 2016. As principais razões foram atrasos significativos na entrega da correspondência, extravios e demoras no atendimento.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários