Merkel e Trump em conflito na reunião do G20

O presidente dos EUA e a chanceler da Alemanha vão estar juntos na cimeira, onde vão discutir temas em que discordam como alterações climáticas, comércio internacional ou acolhimento de refugiados e migrantes.

Reuters

O presidente dos EUA e a chanceler alemão vão estar juntos na próxima semana na reunião das 20 maiores economias do mundo, o G20. A cimeira está marcado para 7 e 8 de julho em Hamburgo, mas não há consenso entre os dois líderes sobre os temas que vão ser discutidos, segundo refere o jornal britânico The Guardian.

Na agenda de Angela Merkel e Donald Trump estão discussões sobre temas como alterações climáticas, comércio internacional ou acolhimento de refugiados e migrantes. Será, por isso, um confronto quase inevitável entre o norte-americano e a alemã. Esta será também a primeira vez que Trump se irá encontrar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, desde que chegou à Casa Branca.

No mês passado, Merkel e Trump entraram num conflito público com a chanceler alemã a incitar a Europa a tomar as rédeas do destino e assumir uma postura mais firme na defesa do Ocidente. Na cimeira do G7, Merkel afirmou que os tempos em que se podia confiar em países como os EUA para parceiros comerciais.

Como resposta, Trump usou o Twitter para garantir que a balança comercial deficitária entre os dois países vai mudar. “Os Estados Unidos têm um défice comercial enorme com a Alemanha e eles pagam bem menos do que deviam na NATO e nos serviços militares. Isso é muito mau para os Estados Unidos. Mas isso vai mudar”, escreveu o presidente norte-americano.

Relacionadas

Merkel e Trump em rota de colisão

Pelo veículo diplomático mais usado pelo presidente norte-americano, o Twitter, Trump acusou Angela Merkel de não pagar o que deve à NATO. Sigmar Gabriel, dirigente do SPD, veio apoiar a chanceler.

Trump responde às críticas de Merkel: “Isto vai mudar”

As declarações de Donald Trump surgem como resposta ao clima de desconfiança que se instalou entre os Estados Unidos e a Alemanha, que levaram a chanceler alemã a considerar que não se deve confiar nos Estados Unidos como parceiro comercial, enquanto Donald Trump estiver na presidência.

Merkel diz que Europa não pode contar com Trump para enfrentar alterações climáticas

Chanceler alemã diz que os europeus têm de tomar o destino nas suas próprias mãos e que o tempo em que se podia contar com outros países está acabado
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários