Ministro russo Sergei Lavrov reúne-se com líder norte-coreano em Pyongyang

A última visita de autoridades russas à Coreia do Norte ocorreu em março, quando o ministro do Desenvolvimento do Extremo Oriente da Rússia, Alexander Galushka, viajou a Pyongyang para discutir os laços económicos bilaterais.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov, reuniu-se em Pyongyang com o chefe de Estado norte-coreano, durante o período de preparação da cimeira entre Kim Jong-un e o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

“Sergei Lavrov foi recebido em Pyongyang pelo Presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un”, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia através da sua conta na rede social Twitter, na qual também foram publicadas duas fotos dos dois responsáveis s trocarem um aperto de mãos.

Mais cedo, Lavrov reuniu-se com o seu homólogo norte-coreano, Ri Yong Ho, com quem trocou “opiniões sobre a situação na península coreana, concentrando-se no fortalecimento da coordenação para buscar soluções políticas e diplomáticas” para os problemas da região, de acordo com o Ministério russo.

“Discutimos em detalhe a situação internacional e, em particular, as questões que precisam de ser resolvidas para alcançar a desnuclearização da península coreana com a criação de um sistema estável de paz e segurança”, disse Lavrov, após a reunião com Ri Yong Ho.

“Confirmamos o nosso compromisso de cooperação o mais próximo possível com a Coreia do Norte em nome da resolução de todos os temas bilaterais e internacionais”, acrescentou Lavrov.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia viajou para Pyongyang a convite do seu homólogo norte-coreano, que visitou a Rússia em abril.

A última visita de autoridades russas à Coreia do Norte ocorreu em março, quando o ministro do Desenvolvimento do Extremo Oriente da Rússia, Alexander Galushka, viajou a Pyongyang para discutir os laços económicos bilaterais.

A visita de Sergei Lavrov ocorre no momento que Donald Trump e Kim Jong-Un se preparam para um encontro, a 12 de junho, depois dessa reunião ter sido cancelada na semana passada e, posteriormente, ter sido novamente confirmada.

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários