Monte dei Paschi prepara-se para emitir dívida até 15 mil milhões de euros

A Comissão Europeia autorizou a Itália a utilizar garantias estatais para fornecer liquidez ao Paschi di Siena.

De acordo com o jornal italiano La Reppublica, o banco mais antigo do mundo e o terceiro maior italiano em ativos, planeia emitir 15 mil milhões de euros em dívida no próximo ano para restaurar a confiança dos investidores.

Esta emissão, que recebeu luz verde da Comissão Europeia, será garantida pelo governo italiano para fornecer liquidez ao Monte dei Paschi e permitiu que Roma continuasse o programa de liquidez para outras instituições bancárias por mais seis meses.

As medidas servem para assegurar que os bancos não tenham dificuldade em financiar as suas operações e que o acesso aos depósitos continue disponível.

Na semana passada, o Parlamento italiano tinha autorizado o governo a injetar até 20 mil milhões de euros no sistema bancário e evitar o colapso dos bancos mais fragilizados.

Recomendadas

Inovação e empreendedorismo

Há que aplicar as novas tecnologias à cadeia de valor de uma empresa para que esta possa fornecer a melhor resposta ao cliente, conhecendo e focando-se nas necessidades que este tem. Neste ponto as startups representam uma mais-valia.

CGD avalia ações contra gestores que aprovaram crédito a Vale do Lobo

Advogados da CGD estão a avaliar ações cíveis contra gestores da administração de Santos Ferreira que deram ‘luz verde’ a operação Vale do Lobo. Parecer é entregue após o verão para decisão final.

JP Morgan bem posicionado para liderar entrada em bolsa da WeWork

Dona da WeWork vai emitir obrigações até seis mil milhões de dólares e fontes próximas da empresa revelaram que a instituição financeira que montar esta operação poderá ter papel ativo na entrada em bolsa da WeWork.
Comentários