Mota-Engil África espera por melhores dias para entrar em bolsa

O presidente executivo da Mota-Engil garante que ainda não há “decisão definitiva” sobre quando a Mota-Engil África irá retomar o processo de dispersão do capital na bolsa de Londres, referindo que “o mercado está muito volátil”. “Continuamos a olhar para os mercados, a fazer o nosso trabalho, não há uma decisão definitiva”, afirmou Gonçalo Moura […]

O presidente executivo da Mota-Engil garante que ainda não há “decisão definitiva” sobre quando a Mota-Engil África irá retomar o processo de dispersão do capital na bolsa de Londres, referindo que “o mercado está muito volátil”.

“Continuamos a olhar para os mercados, a fazer o nosso trabalho, não há uma decisão definitiva”, afirmou Gonçalo Moura Martins sobre a entrada da Mota-Engil África na London Stock Exchange, em declarações à margem da conferência “Portugal em Exame”, em Lisboa.

Confrontado com os comentários de analistas, que antecipam o adiamento do processo para 2015, o gestor limitou-se a dizer que “é a opinião deles”, concordando que “o mercado está muito volátil, muito dinâmico, a acontecer muita coisa”.

Em julho, a Mota-Engil interrompeu a entrada da Mota-Engil África na London Stock Exchange, devido “à recente e significativa deterioração das condições de mercado e do consequente resultado no sentimento dos investidores”.

A empresa adiantou então que, “apesar da elevada qualidade institucional das ordens recebidas por parte de potenciais investidores dentro do intervalo do preço definido, a procura agregada não assegurava as condições para a cotação e consequente negociação do título em bolsa”.

 

OJE/Lusa

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.