Museu dos Falhanços: Trump e a sua versão do Monopólio já lá estão

Criação falhada do presidente norte-americano está agora em grande destaque num dos mais famosos museus suecos.

Em 1989, Trump lançou o seu próprio jogo de Monopólio ao qual chamou ‘Im Back You’re Fired — Trump, The Game’. Uma invenção falhada e que tem agora direito a destaque no Museu dos Falhanços, na Suécia.

Samuel West, curador do museu que conta com os mais diversos artigos falhados, desde ‘gadgets’ a motas, disse, em entrevista à NBC News, que “acredito genuinamente que a sociedade menospreza os falhanços. Falhas e defeitos é a forma como aprendemos a andar e a falar. Quaisquer habilidades que as pessoas tenham nasceram de erros e falhas anteriores”.

West defende que a sociedade deve aprender com os erros e espera que essa mensagem seja transmitida com o museu. “Os media gostam de vir ao museu porque podem mostrar coisas engraçadas e conseguem escrever títulos apelativos”, adiantou.

Agora, o artigo que merece destaque no museu é o ‘famoso’ jogo de Monopólio do actual presidente norte-americano.

Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários