Narcotráfico responsável por 11 mil mortes no México no primeiro semestre de 2018

O narcotráfico foi responsável por mais de 11 mil mortes no México nos primeiros seis meses do ano, “um recorde histórico” num país que registou quase 16 mil homicídios até finais de junho, apontou uma organização não-governamental.

“O ano passado foi muito mau, mas este ano consegue ser pior”, lamentou na terça-feira Santiago Roel, fundador da organização Semáforo Delictivo, que compara dados do Governo com pesquisas online e dados de consultores.

Entre janeiro e junho foram cometidos 15.973 homicídios no México, superando os 13.503 registados no primeiro semestre de 2017. O balanço é do Ministério do Interior, que, no entanto, não especifica quantos estão ligados ao crime organizado.

De acordo com o estudo da ONG, mais de 11 mil pessoas foram assassinadas a mando de narcotraficantes durante este período, um “recorde histórico”, garante Roel.

No primeiro semestre, o México abriu 13.738 investigações por homicídio, um aumento de 28% em relação ao mesmo período do ano passado.

“Todo esse derramamento de sangue, todos estes homicídios estão relacionados com as drogas (…) e conflitos entre as máfias das drogas que lutam pelo território”, disse Santiago Roel.

O antigo Presidente Felipe Calderón endureceu o combate aos cartéis em dezembro de 2006, reforçando o papel dos militares. Mais de 200 mil homicídios foram reportados desde então, de acordo com dados oficiais.

Ler mais
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários