Nem EDP e BCP salvam PSI 20. Bolsas europeias continuam em queda a meio da sessão

O PSI 20 perde 1,28% para 5303,50 euros. Depois de liderar as perdas no início da manhã, a Sonae continua a ser das que mais tombam na bolsa portuguesa: 3,41% para 1,1530 euros.

Benoit Tessier / Reuters

A bolsa portuguesa e os mercados europeus mantêm-se a desvalorizar a meio da sessão desta sexta-feira, dia 2 de março. As únicas cotadas nacionais que negoceiam no ‘verde’, em contraciclo com Portugal e a Europa são a EDP (+1,37% para 2,7550 euros) e o BCP (+0,33% para 0,2997 euros).

O PSI 20 perde 1,28% para 5303,50 euros. Depois de liderar as perdas no início da manhã, a Sonae continua a ser das que mais tombam na bolsa portuguesa: 3,41% para 1,1530 euros. Os CTT – Correios de Portugal, que divulgam os resultados na próxima quarta-feira, estão a desvalorizar 2,64%. “Para o quarto trimestre de 2017 antecipamos receitas de 173.4 milhões de euros, EBITDA de 19.0 milhões de euros e resultado líquido de 11.1 milhões de euros, com os volumes de correio endereçados a caírem 6.0% YoY em igual período”, prevêem os peritos do banco de investimento CaixaBI.

A ‘vermelho’ estão também as ações da Mota-Engil (-2,69%), da Galp Energia (-0,62), da Corticeira Amorim (-0,81%), da Pharol (-1,55%), da Navigator (-2,80%), da Sonae Capital (-1,76%), da Altri (-3,17%), da EDP Renováveis (-0,48%) e da Semapa, que resvala 3,18%. A Jerónimo Martins, que ontem tombou mais de 9%, perde agora ‘apenas’ 2,79%, começando a corrigir.

Nas praças europeias, os mercados também estão a desvalorizar. O alemão DAX perde 2,10%, o francês CAC 40 desvaloriza 1,62%, o espanhol IBEX 35 cai 1,25%, o britânico FTSE 100 recua 0,96%, o italiano FTSE MIB diminui 1,68% e o holandês AEX desaprecia 1,63%. No mercado petrolífero, o brent desce 0,56% para os 63,47 dólares por barril e o crude WTI desvaloriza 0,54% para os 60,66 dólares. No mercado cambial, o euro resvala 0,43% para 1,2317 dólares e a libra soma 0,26% para 1,3807 dólares.

Relacionadas

Sonae lidera perdas num PSI 20 a ‘vermelho’

O principal índice português, PSI 20, arrancou a sessão bolsista a cair e continua a perder 1,40% para os 5.301,07 pontos.

Bolsa portuguesa arranca a perder em linha com a Europa

O principal índice português, PSI 20, abriu a perder 0,66% para os 5.340,96 pontos.

Wall Street tomba depois das tarifas de Trump sobre a importação de aço e alumínio

Isto após a aparição pública de Jerome Powell, presidente da Fed, e depois do presidente Donald Trump ter confirmado uma tarifa de 25% para a importação de aço e de 10% em importação de alumínio.
Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.
Comentários