No mundo não há igual: Louropel produz 10 milhões de botões por dia e vai aumentar produção

Cinco milhões de euros e a perspetiva de criação de 12 postos de trabalho. Estes são os números que traduzem o novo e ambicioso projeto de investimento do maior fabricante de botões do mundo, a famalicense Louropel.

Para concretizar o aumento da capacidade produtiva e a diversificação da gama de produtos, a Louropel, liderada por Avelino Rego (segunda geração da família fundadora), já deu início à ampliação das suas instalações industriais, na freguesia do Louro, e vai também adquirir novos equipamentos com tecnologia de ponta. No âmbito desta medida de investimento, a Louropel foi contemplada com incentivos fiscais ao abrigo do Regulamento de Projetos de Investimento de Interesse Municipal – “Made 2IN”.

Quanto a razões para o sucesso alcançado, a empresa salienta, em comunicado, a flexibilidade com que trabalha, fabricando botões segundo as especificidades de cada cliente, com uma média de produção de 10 milhões de botões por dia.

Por outro lado, também a inovação é considerada um trunfo. Há muito que a Louropel deixou de se confinar ao poliéster, pelo que botões em metal, madeira ou borracha também fazem do seu portfólio. E neste capítulo destacam-se ainda os botões ecológicos biodegradáveis, produzidos com papel reciclado, farinha de sêmola, serradura de madeira, algodão, cortiça, corozo (fruto ácido importado da Colômbia) ou corno (que chega da Argentina). Uma das últimas novidades lançados no mercado são os botões ecológicos fabricados a partir do café, cuja patente mundial pertence à Louropel.

Atualmente, a  Louropel conta com 245 colaboradores e exporta para mais de 40 países, com destaque para a Europa e EUA.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários