Nova lei de proteção de dados: CIP alerta para impacto negativo

Empresas nacionais reforçam que o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados põe em cheque a competitividade nacional

Cristina Bernardo

O Governo português anunciou ontem a aprovação da legislação do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD).

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal,argumenta que a medida coloca em causa a competividade das empresas nacionais face ao peso, em termos burocráticos e financeiros, associado à implementação do RGPD.

A CIP lembra ainda que a elaboração prévia de um estudo de impacto da proposta e a sua implementação é obrigatória no âmbito da medida “Quanto custa”. “Os custos de implementação junto das empresas, em particular das PME, têm necessariamente de ser apurados, apesar de não terem sido tidos em linha de conta no projeto apresentado”, aponta.

A dois meses da entrada em vigor do Regulamento, e compreendendo a sua dimensão e complexidade, as empresas nacionais alegam desconhecer o conteúdo da proposta de lei ontem aprovada.

A CIP reforça que vai continuar a acompanhar o desenvolvimento desta matéria.

Relacionadas

AEP no Dubai com sete empresas da fileira da casa

A Associação Empresarial de Portugal e sete empresas participam na Feira Index – The Middle East International Furniture, Interiors and Retail, Design Exhibition.

Concorrência, Prejuízos e Competitividade

Ainda estamos a viver no passado, mas tudo indica que em breve teremos mais uma importantíssima ferramenta para nos tornarmos numa economia dinâmica e concorrencial.

Governo “não assume as suas falhas” e “ignora a voz do tecido empresarial”, acusa a CIP

Em causa está a eliminação do banco de horas individual proposta pelo Governo “à revelia dos parceiros”, o que a CIP considera que pode vir a pôr em perigo ” o clima de paz social”.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários