Novo Banco: Governo vai emprestar verba “muito abaixo” de 792 milhões mas ainda não sabe quanto

Será efetuada a certificação das contas e ainda a verificação do cumprimento do Mecanismo de Capital Contigente, pelo que não é possível ainda determinar a dimensão do empréstimo mas o mesmo estará “muito abaixo” dos 792 milhões.

Cristina Bernardo

Os prejuízos referentes a 2017 do Novo Banco irão obrigar a uma injeção de capital no montante de 791,7 milhões de euros, de acordo com informação prestada pela instituição à CMVM. De acordo com informação avançada pela TSF, o Estado ainda não sabe qual a dimensão do empréstimo mas garantiu que o valor vai ficar “muito abaixo.

De acordo com fontes próximas deste processo, será efetuada a certificação das contas e ainda a verificação do cumprimento do Mecanismo de Capital Contigente, pelo que não é possível ainda determinar a dimensão do empréstimo mas o mesmo estará “muito abaixo” dos 792 milhões.

As contas hoje apresentadas pelo Novo Banco serão ainda reavaliadas pelo Fundo de Resolução, Banco de Portugal e Estado, sendo que só após essa avaliação, serão apuradas as reais necessidades de financiamento.

A injeção de capital a efetuar no Novo Banco será efetuada, em primazia, pelos recursos do Fundo de Resolução.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários