Novo diretor da Católica-Lisbon vem da suíça IMD

Especialista em Finanças e catedrático na líder mundial da formação de executivos, Nuno Fernandes regressa à escola onde estudou e ensinou.

É mais do que uma feliz coincidência. Aos 42 anos de idade, Nuno Fernandes vai dirigir a Católica Lisbon School of Business and Economics. Regressa, assim, à Universidade Católica, onde foi aluno e, mais tarde, professor.
“Era impossível para mim recusar este apelo da escola onde me formei e fui professor”, afirma Nuno Fernandes ao Jornal Económico, confessando, de permeio,  nunca ter pensado sequer que isto pudesse acontecer.

O professor e investigador vem da Suíça, onde trabalha há praticamente uma década. É um regresso  pela porta maior da faculdade, com algum sabor a saudade. A Reitora da Universidade Católica assinala este regresso com letra maiúscula: “É o valor ideal para o momento de dinâmica que a Escola vive.” Isabel Capeloa Gil elogia-lhe o “perfil notável na área de Finanças” e a “vastíssima experiência internacional na formação de executivos”. Foi buscá-lo à prestigiada IMD International Institute for Management Development, líder mundial na formação de executivos, área onde a Católica-Lisbon se destaca, desde sempre, em Portugal. Aí, Nuno Fernandes dirige o Strategic Finance, um programa costumizado para empresas de referência mundial. A escolha não não se deve ao acaso. Isabel Capeloa Gil considera que “o perfil do novo diretor da Católica-Lisbon reflete a estratégia da Universidade em sustentar o seu desenvolvimento na atração de talento de elevado nível”.

Antes de ingressar no IMD, Nuno Fernandes foi professor na Católica-Lisbon, onde criou e dirigiu o Master em Finanças (CFA Program Partner). Foi também Visiting Scholar na Columbia Business School, em Nova Iorque. O percurso internacional consistente e sólido, construído ao longo de duas décadas em três países sem contar Portugal – Espanha, Suíça e Estados Unidos –, é uma fortíssima credencial deste académico, especialista em finanças empresariais, corporate governance e risco em mercados emergentes.

Outra importante credencial é a sua faceta de investigador e o seu profundo conhecimento da realidade financeira. A uma bolsa do FDIC, regulador americano para instituições financeiras, junta a Lamfalussy Fellowship, galardão concedido pelo Banco Central Europeu aos melhores investigadores em finanças a nível mundial. Em 2015, assinou o melhor paper do ano, segundo o Journal of Financial Intermediation, que o distinguiu.

Além do citado, publica regularmente em todos os principais jornais académicos de referência , incluindo o Journal of Financial Economics, a Review of Financial Studies, o Journal of International Business Studies e o Journal of Portfolio Management.
Exatamente duas décadas depois de ter cumprido o propósito com que cinco anos antes entrou na Faculdade de Economia da Universidade Católica Portuguesa, de se formar com distinção, Nuno Fernandes tomará posse como diretor em setembro.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários