Novos projetos da Mota-Engil impulsionam PSI 20

A construtora está a valorizar depois de ter anunciado ontem ontem que a Mota-Engil conquistou dois novos projetos e reforçou a aposta em África.

Mario Proenca/Bloomberg

As principais praças europeias negoceiam esta quarta-feira em terreno positivo no dia em que a Reserva Federal norte-americana deverá anunciar uma subida das taxas de juro nos EUA. Lisboa não é exceção e o PSI 20 avança 0,42% para 5.325,86 pontos, impulsionada pelos ganhos da Mota-Engil.

As ações da construtora ganham 4,61% para 2,520 euros, depois de ter sido anunciado ontem que a Mota-Engil conquistou dois novos projetos e está a reforçar a aposta em África. Em Moçambique, o contrato envolve 2,4 mil milhões, enquanto na Guiné-Conacri irá arrecadar 187 milhões de euros.

Ainda no verde, destacam-se os ganhos da Pharol (1,68%), do BCP (1%) e da Jerónimo Martins (0,95%). Na energia, a EDP sobe 0,56% e a EDP Renováveis valoriza 0,09%. Em sentido contrário, a Galp desliza 0,07%, a Sonae Capital perde 0,35% e a REN cai 0,35%.

Os juros das obrigações da dívida soberana nacional benchmark registaram uma ligeira subida ao início da manhã, mas seguem agora a descer, próximas de 2,90%. Portugal volta hoje aos mercados para emitir até 1.250 milhões de euros em Obrigações do Tesouro a cinco e 10 anos, em dois leilões de dívida pública.

Relacionadas

Mota-Engil conquista contrato de 187 milhões de euros na Guiné-Conacri e reforça aposta em África

“Com este aumento da carteira de encomendas da região de África, em mais de 300 milhões de euros, a Mota-Engil reforça o objetivo de retomar o ritmo de crescimento dos seus negócios naquela região e no grupo”, frisou a construtora em comunicado.

Mota-Engil ganha contrato de 2,4 mil milhões de dólares em Moçambique

Obra estará integrada no canal logístico que vai ligar a zona mineira de Moatize ao porto de Macuse em Moçambique, tendo a duração prevista de 44 meses e vai ser executado em consórcio com um grupo chinês, referiu a construtora liderada por Gonçalo Moura Martins.

Bolsa de Lisboa segue Europa no verde

Os setores da energia e da banca estão a impulsionar o PSI 20.
Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.
Comentários