Número de beneficiários de prestações de desemprego é o mais baixo desde 2002

O valor médio do subsídio de desemprego era em maio de 451,31 euros, segundo dados da Segurança Social.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

O número de beneficiários de prestações de desemprego caiu 13,8% em maio face ao mesmo mês do ano passado e 5% face ao mês anterior, para 200.786, revelam as estatísticas da Segurança Social publicadas hoje.

Os dados incluem o subsídio de desemprego, subsídio social de desemprego inicial e subsequente, prolongamento de subsídio social de desemprego e medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração.

Segundo os dados oficiais, é preciso recuar até novembro de 2002 para encontrar um número de beneficiários de prestações de desemprego mais baixo do que o registado em maio.

O valor médio do subsídio de desemprego subiu ligeiramente face ao mês anterior (0,4%) para 451,31 euros.

Os últimos dados do INE davam conta de 503,7 mil desempregados em abril e uma taxa de desemprego de 9,8%, o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários