O que é nacional é bom

Gostaria de ter na sua sala um sofá premiado internacionalmente? “Hughes” é o nome da peça que procura. Da autoria do designer Sérgio Mendes, de 24 anos, esta peça da marca portuguesa de mobiliário Munna, pertencente à coleção “Time”, venceu o Prémio Internacional de Design e Arquitetura 2014, na categoria “seating” atribuído pela revista “Design […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Gostaria de ter na sua sala um sofá premiado internacionalmente? “Hughes” é o nome da peça que procura. Da autoria do designer Sérgio Mendes, de 24 anos, esta peça da marca portuguesa de mobiliário Munna, pertencente à coleção “Time”, venceu o Prémio Internacional de Design e Arquitetura 2014, na categoria “seating” atribuído pela revista “Design et al”.

O sofá tem um toque clássico e combina materiais nobres como a madeira e o metal. É estofado em veludo composto 100% por algodão, os rodapés são produzidos em folha de ébano e chapeados em latão.

O preço desta peça pode variar entre os 4 mil e os 7 mil euros.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?