O que está a causar o ‘furacão’ Montepio’ na bolsa

Unidades de participação da instituição mais do que duplicaram de valor desde o início do ano.

Têm sido dias atípicos na bolsa nacional, com um título a sobressair nas negociações diárias: as Unidades de Participação (UP) de um fundo de participação do Montepio, que têm revelado uma volatilidade pouco usual.

Num dia valorizam mais de 46%, na manhã seguinte arrancam em forte queda, mas acabam a sessão desse dia a disparar mais de 21%. Desde o início do ano a valorização já era de 113,77%, no final de quarta-feira.

A CMVM está a acompanhar a oscilações destes títulos e questionou o Montepio sobre o que estará a motivar esta volatilidade. A caixa económica indicou que não tem “qualquer informação privilegiada ou materialmente relevante” que possa ter influenciado a cotação, mas uma coisa parece certa: as subidas estão relacionadas com a transformação destes títulos em ações, algo que deverá ocorrer este Verão.

Estas UP são títulos que serão convertidos em capital quando o Montepio concretizar a passagem a Sociedade Anónima. A Caixa Económica vai entrar assim numa nova fase, em que passa a ter capital social e novos acionistas privados, e haverá uma participação de 5% correspondente aos investidores que hoje têm estas UP.

O próximo passo é o registo na Conservatória do Registo Comercial, a acontecer nos próximos dias, e a partir daí o banco liderado por José Félix Morgado fica com a porta aberta para receber novos acionistas. Isso pode explicar a forte valorização dos títulos, que a par com o BCP são os únicos de banca no PSI20.

Relacionadas

Montepio prepara prospecto para admissão à cotação

O registo da CEMG na conservatória como sociedade anónima terá de ocorrer em simultâneo com a admissão à cotação das ações que vão substituir as Unidades de Participação do Montepio. Os termos de troca estão fixados: uma UP por uma ação. Os títulos do Montepio dispararam na bolsa.

Montepio diz à CMVM que não tem informação que justifique subida em bolsa

A subida abrupta das unidades de participação do Fundo de Participação da Caixa Económica motivou questões do regulador de mercado. Mas o banco nada sabe sobre os motivos que explicam a subida de quase 80% da cotação em dois dias.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários