Orçamento Participativo do Funchal é finalista no Prémio Nacional de Boas Práticas Participativas

O vereador na Câmara Municipal do Funchal, João Pedro Vieira, mostrou-se orgulhoso com este reconhecimento e que a distinção mostra o trabalho que a autarquia tem feito na democracia participativa.

O Orçamento Participativo do Funchal foi um dos finalistas do Prémio de Boas Práticas Participativas, a nível nacional, numa iniciativa organizadas pela Rede de Autarquias Participativas.

O vereador na Câmara Municipal do Funchal, João Pedro Vieira, mostrou-se orgulhoso com este reconhecimento alcançado afirmando que a distinção mostra o “trabalho notável” que a cidade tem feito na Democracia Participativa.

“A Câmara Municipal do Funchal foi a Autarquia do país que se candidatou a este galardão com mais projetos (3), o que é representativo do nosso trabalho sustentado neste campo, e que se tem manifestado numa série de domínios municipais”, destaca João Pedro Vieira.

O vereador municipal realça que o executivo vai continuar a aprofundar a participação dos cidadãos na vida do município.

As cinco práticas melhor classificadas pela avaliação do júri passam agora à fase de votação pública, que decorre entre 26 março e 22 de abril, na página https://portugalparticipa.onesource.pt/.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários