Incêndio de Pedrogão Grande pode pôr fim à carreira de António Costa, diz o El Mundo

Jornal espanhol criticou a forma como o combate à catástrofe está a ser feito pelas autoridades e pelo governo.

Reuters

Um título que começa por “caos” e a imagem de uma mulher com um pequeno arbusto na mão para tentar apagar o fogo. É desta forma que o jornal espanhol El Mundo noticia o pior incêndio da história em Portugal.

“A evidente falta de coordenação entre as autoridades, tanto a nível dos trabalhos de extinção, como da comunicação com os media, provocaram uma enxurrada de críticas à gestão do desastre por parte do Governo do primeiro-ministro António Costa, e em particular da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, a menos de quatro meses das eleições legislativas em Portugal”, escreve o jornal espanhol.

Além de outras imprecisões, o El Mundo erra ao referir-se às eleições de outubro, que serão autárquicas e não legislativas. O diário critica ainda os bombeiros espanhóis que foram barrados na fronteira.

“De forma inexplicável, ao mesmo tempo que o incêndio se expandia e os bombeiros lusos reconheciam estar a ser derrotados pelas condições do terreno, a ministra Urbano de Sousa vetava a entrada de uma coluna de 60 bombeiros galegos no território português”, acrescenta a notícia.

Já anteriormente, em declarações à imprensa espanhola, um dos bombeiros afirmou que “Foi uma sensação agridoce. Estávamos conscientes da situação que se estava a passar em Portugal, estávamos preparados para intervir e ajudar as pessoas e, por uma questão burocrática, impediram-nos de ir lutar contra um grave problema que acabou com tantas vidas”, lamentou o bombeiro espanhol em declarações à imprensa espanhola.

Relacionadas

Verbas para combater incêndios caíram 9% com Governo de Costa

Orçamento do Estado para este ano prevê novos quartéis de bombeiros, mais viaturas e reparação de dois dos helicópteros pesados de combate aos fogos.

Como proceder em caso de incêndio florestal? Siga estas 18 regras essenciais

Ligar para o 112, fechar válvulas do gás e regar depósitos com água e remover materiais combustíveis do interior e das imediações da casa são alguns dos conselhos adiantados pela Proteção Civil, no caso de ser surpreendido pelo início de um incêndio florestal.

Jaime Marta Soares: “O incêndio teve origem em mão criminosa”

Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros, afirmou no Fórum TSF acreditar que o fogo de Pedrógão Grande “teve origem em mão criminosa” e relembrou que as chamas já lavravam há duas horas quando a trovoada aconteceu.
Recomendadas

Vistos gold: Investimento captado mais do que triplicou em julho para 98,2 milhões de euros

O investimento captado através dos vistos ‘gold’ mais do que triplicou (aumentou 276%) em julho, face ao período homólogo de 2018, para 98,2 milhões de euros, segundo contas feitas pela Lusa com base nos dados estatísticos do SEF.

Número de viciados em jogo online aumentou mais de 8% em Portugal

No espaço de seis meses, 38.600 pessoas pediram para ser impedidas de jogar online, mais 3.200 pessoas face a 2018, uma subida de 8,3%.

Avião de carga aterrou de emergência no aeroporto do Porto  

Um avião de carga com dois tripulantes fez hoje uma “aterragem de emergência” em segurança no aeroporto do Porto devido a um “problema no motor”, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.
Comentários