Plataforma Marítima debatida entre Governo Regional e Armada

A reunião abordou ainda os recursos humanos e meios logísticos que têm sido alocados pela Marinha à Madeira e ainda o aproveitamento que está a ser feito de navios para se criar zonas de mergulho.

A plataforma marítima foi um dos temas que esteve em discussão no encontro, esta terça-feira, entre o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, e António Calado, chefe de estado-maior da Armada.

Esta reunião entre Albuquerque e António Calado, para além da plataforma marítima abordou ainda os recursos humanos e meios logísticos que a Marinha tem disponibilizado à Região.

De referir que a extensão da plataforma continental, prevista na convenção das nações unidas sobre o Direito do Mar, iria permitir aumentar o território marítimo sob jurisdição dos Estados Costeiros.

Na passada segunda-feira António Calado já tinha afirmado que caso esta proposta de extensão da plataforma continente for aprovada Portugal iria ser “um dos países europeus com mais área marítima de jurisdição nacional” e alertou para a necessidade de se  “conhecer muito do potencial que esta plataforma vai ter para todos nós”.

A proposta apresenta por Portugal permitiria que o país tivesse uma das maiores plataforma do mundo.

Foi abordado nesta reunião entre Albuquerque a António Calado “o aproveitamento que se está a fazer de velhos navios, afundando-os e criando zonas potenciais para mergulho”.

Mais recentemente a Madeira recebeu a corveta João Roby que visa reforçar o contingente da Região Autónoma em situações de busca e salvamento marítimo.

Ler mais
Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários