Portugal é dos países onde as famílias mais investem em dívida pública

Nos últimos anos, os portugueses passaram a investir mais em dívida do Estado. Em maio, o valor da dívida direta do Estado totalizava 246,3 mil milhões de euros e cerca de 14% desse valor estava nas mãos das famílias.

Nos últimos anos, os portugueses passaram a investir mais em dívida do Estado, o que colocou o país no pódio daqueles que mais apostam na dívida do Estado. No conjunto da zona euro, só Malta está à frente de Portugal, revela o “Diário de Notícias / Dinheiro Vivo” (DN/DV) na edição desta segunda-feira, 2 de julho.

Os cálculos do DN/DV apontam para um aumento no valor aplicado pelos particulares no financiamento do Estado de pouco mais de 11 mil milhões de euros em 2013 para 34,5 mil milhões de euros em 2018.

Segundo o matutino, em 2016 e 2017 os portugueses colocaram cerca de 13,3 mil milhões de euros emdívida pública e, no passado mês de maio, cerca de 14% da dívida direta do Estado estava nas mãos das famílias..

Em maio, o valor da dívida direta do Estado totalizava 246,3 mil milhões de euros, o que representa uma variação de 0,4% face ao final do mês anterior e um aumento de 1,1% face ao período homólogo, adiantou uma análise do IGCP – Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, divulgada no final do mês passado.

A dívida pública no âmbito do Programa de Assistência Financeira ascendia a 56,3 mil milhões de euros (29,0% do Produto Interno Bruto) em maio, dos quais 27,3 mil milhões de euros dizem respeito ao Fundo Europeu de Estabilidade Financeira, 24,3 mil milhões de euros ao Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira e 4,7 mil milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional.

Relacionadas

IGCP: Dívida direta do Estado soma 246,3 mil milhões em maio

Em maio o valor da dívida direta do Estado totalizava 246,3 mil milhões de euros (126,7% do PIB), o que representa uma subida de 0,4% face ao final do mês anterior e um aumento de 1,1% face ao período homólogo. Os dados são do IGCP

IGCP diz que dívida direta do Estado subiu em abril para 245,5 mil milhões, representando 127,1% do PIB

Em abril de 2018, o valor da dívida direta do Estado totalizava 245,5 mil milhões de euros (127,1% do PIB ), o que representa uma aumento de 1,8% face ao final do mês anterior e um agravamento de 0,6% face ao período homólogo do ano anterior
Recomendadas

Cinco anos da resolução do BES: os principais rostos de uma história que abalou Portugal

No dia 3 de agosto de 2014, Carlos Costa, governador do Banco de Portugal, anunciou em direto televisivo o colapso do BES e o nascimento do Novo Banco através de uma injeção de 4.900 milhões. Conheça alguns dos intervenientes desta história que aqueceu ainda mais o verão em Portugal.

Cerberus dá preço mais alto pelos imóveis do Novo Banco

O Novo Banco está na fase final das negociações com dois candidatos – Cerberus e Bain – para escolher o comprador do portfólio de imóveis conhecido por “Sertorius”.

Saída em bloco de quadros no Crédit Suisse em Portugal

O Crédit Suisse em Portugal vai perder 10 quadros, a partir de agosto. Equipa de gestão de fortunas liderada por Gonçalo Maleitas Correia deverá ir para o concorrente Julius Baer, em Madrid.
Comentários