Portugal é o segundo país europeu onde mais se confia nas notícias

As conclusões são do Digital News Report 2017, divulgado esta quinta-feira. À frente do nosso país, que apresenta uma percentagem de confiança de 58%, apenas se encontra à Finlândia.

Portugal é o segundo país da Europa onde mais se confia nas notícias. À frente do nosso país, que apresenta uma percentagem de confiança na ordem dos 58%, apenas se encontra à Finlândia (62%), revela o Digital News Report 2017, realizado pelo Reuters Institute for the Study of Journalism.

O estudo, divulgado esta quinta-feira (22), mostra que a confiança nos meios de comunicação social varia de forma significativa nos 36 países analisados, sendo a Grécia e a Coreia do Sul os países com o nível de confiança mais baixo (23%). Em Portugal, as três marcas offline mais usadas como fonte de notícias são a SIC, a TVI e a RTP, enquanto no online as mais citadas são o Notícias ao Minuto, o portal Sapo e a SIC Notícias, adianta o relatório.

Quase um terço da amostra (29%) afirma que evita as notícias “frequentemente” ou “por vezes” e, destes, quase metade (44%) diz fazê-lo porque as notícias têm um efeito negativo no seu humor. No entanto, um terço dos inquiridos (33%) confessa que não confia na veracidade da informação veiculada pelos media.

O relatório em questão, baseado num inquérito a 70 mil pessoas em 36 países, traça também o perfil de tendência política dos respondentes, relacionando-o com os órgãos de comunicação social. Neste parâmetro, o Diário de Notícias é mais lido por pessoas com tendência ideológica mais de esquerda, enquanto o Observador é mais lido por pessoas com tendência mais de direita.

Quanto às fontes noticiosas, 54% dos respondentes utiliza as redes sociais, mas nota-se um declínio na utilização do Facebook nalguns países onde aumentou a popularidade das apps de messaging. Além disso, apenas 24% acredita que as redes sociais fazem um bom trabalho na separação dos factos da ficção, mas as apps e os smartphones continuam a ser um meio predominante de aceder às notícias.

Segundo o Digital News Report 2017, mais de metade dos internautas europeus afirma que usam as redes sociais como fonte de informação semanalmente. A Grécia vai além desses números e é o único país onde a população acredita num melhor trabalho das redes sociais, dado que confiança nos órgãos de comunicação social é muito baixa (28%/19%).

Ler mais
Recomendadas

“Oferta audiovisual dos clubes não colide com direitos de transmissão”

Clubes portugueses têm estratégias de media para obter mais influência, mais consumo e receitas. Plano não deve colidir com os direitos de imagem. Centralização é inevitável, diz especialista.

Receitas milionárias e valor superior a mil milhões leva Eleven Sports a assegurar direitos da segunda liga inglesa

O interesse da Eleven Sports no Championship justifica-se também pela presença de atletas portugueses que participam na prova.

O Jornal Económico num minuto

O Jornal Económico desta semana já está disponível nas bancas de todo o país e na plataforma JE Leitor, para os nossos assinantes digitais.
Comentários