Preço do gás desce 1,1% a partir de 1 de julho

A ERSE divulgou as novas tarifas para o acesso à rede e para a venda a clientes de gás natural, que entram em vigor a 1 de julho. Os preços descem em todas as frentes.

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) deu a conhecer as novas tarifas para o acesso à rede e para a venda a clientes do gás natural, que entram em vigor a 1 de julho de 2017 e que contemplam uma descida generalizada.

Na venda aos clientes finais, a variação é de -1,1% na baixa pressão com consumo ≤ a 10.000 m3/ano e de -1,8% no caso de consumos maiores que 10.000 m3/ano. Na média pressão, a tarifa desce 2,8%. A ERSE adverte que a tarifa social de venda a clientes finais, que vigora entre julho de 2017 e junho de 2018, integra um desconto de 31,2% face às tarifas transitórias.

No que respeita às tarifas de acesso às redes, a variação tarifária é nula na baixa pressão com consumo ≤ a 10.000 m3/ano, registando uma descida de 3,6% em consumos superiores a 10.000 m3/ano. No caso da média pressão, o acesso à rede custará menos 13,6% do que até aqui, cifrando-se a descida para os clientes de alta pressão em 28,5%.

Em comunicado, a ERSE defende que a evolução das tarifas agora anunciada reflete “em grande parte” as opções “estabelecidas no ano gás anterior”, o primeiro do triénio regulatório 2016/2017 a 2018/2019, opções essas que “visaram controlar a evolução dos custos com os acessos às redes”. Desta feita, as descidas agora verificadas têm em conta as metas de eficiência impostas aos custos de exploração das atividades associadas às infraestruturas, que “são recuperados pelas tarifas reguladas”. A descida reflete também “os efeitos da revisão em baixa das taxas de remuneração aplicadas a estas infraestruturas”, pode ler-se no comunicado da ERSE.

Relacionadas

Energia: Novo portal promete poupar centenas de euros aos consumidores

A partir do consumo real de cada consumidor, o portal “Poupa Energia” vai sugerir automaticamente qual o melhor operador, dinamizando o mercado energético e promovendo preços mais competitivos.

ERSE propõe descida de 1,1% nas tarifas de gás para as famílias

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos propôs também uma descida dos preços do gás natural para o ano de 2017-2018, na ordem dos 1,3%, para a pequena indústria e de 2,4% para a indústria.

Regulador da energia vai distribuir folhetos para desvendar mitos e defender consumidores

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) lança hoje uma campanha debruçada nos esclarecimentos sobre fidelização, serviços associados aos contratos de fornecimento de eletricidade e gás natural, tarifas transitórias, leituras e meios de pagamento da fatura para defender os consumidores.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários