Presidente da Colômbia diz que pobreza e desigualdade são os novos inimigos do país

Depois do processo de desmobilização do movimento guerrilheiro FARC, Juan Manuel Santos quer combater a pobreza e a desigualdade.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, declarou que os novos inimigos do país são a pobreza e a desigualdade, depois de concluído o processo de desmobilização das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

“As FARC estão a entregar as armas e vão desaparecer como grupo armado”, afirmou Juan Manuel Santos. “Assim, os novos inimigos são a pobreza, a ignorância e a falta de saúde, que é o que estamos a combater e a vencer”, acrescentou, citado pela agência de notícias EFE.

O presidente colombiano também defendeu que a mudança para a paz “requer um país unido, não polarizado”.

A missão da Organização das Nações Unidas (ONU) na Colômbia confirmou que as FARC já entregaram 2.300 armas, o equivalente a 30% do arsenal do movimento de guerrilha, que se encontra em processo de desmobilização, depois de assinar um acordo de paz com o governo.

O líder FARC, Rodrigo Londoño, conhecido como “Timochenko”, afirmou que o movimento entregará mais 30% do seu armamento no próximo dia 14 de junho e os 40% restantes a 20 de junho.

Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários