Profissionais das Terapias Não Convencionais protestam contra “concorrência desleal” na profissão

A iniciativa está marcada para o próximo dia 4 de junho em frente à Assembleia da República, estando prevista a entrega de uma petição de apelo à resolução imediata desta situação.

Os profissionais das Terapias Não Convencionais convocaram esta quarta-feira uma manifestação para pedir aos representantes parlamentares o acesso às cédulas profissionais pelos formados pós-2013. A iniciativa está marcada para o próximo dia 4 de junho em frente à Assembleia da República, estando prevista a entrega de uma petição de apelo à resolução imediata desta situação.

A manifestação agendada pela Federação Nacional de Escolas de Medicina Tradicional, Complementar e Alternativa/Terapêuticas Não Convencionais (FNE-MTCA) contesta o acesso às candidaturas às cédulas profissionais, que está vedado a quem iniciou atividade depois de outubro de 2013.

A FNE-MTCA considera que esta situação “viola o direito à igualdade no exercício da profissão previsto na Constituição e constitui concorrência desleal, favorecendo os que se podem candidatar em detrimento de muitos outros a quem, injustamente, é vedada essa hipótese”.

A manifestação conta com o apoio de 67 entidades nacionais e estrangeiras e tem início marcado para as 9h30 no Marquês de Pombal. Os profissionais das Terapias Não Convencionais seguem depois em protesto até à Assembleia da República.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários