PSD Madeira está mobilizado para enfrentar o ‘cerco das esquerdas’, diz Albuquerque

O presidente do Governo Regional voltou a referir que quem quer minar o PSD não tem lugar neste partido.

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, afirmou na passada quarta-feira, num encontro com militantes em Santo António, que o PSD Madeira está “unido e mobilizado” para enfrentar o ‘cerco das esquerdas’ que querem tomar o poder na Região Autónoma.

“Todos temos de ter a humildade necessária para perceber que em primeiro lugar está a Madeira e a Autonomia da Madeira”, explicou Albuquerque. O social democrata acrescentou que “quem quer minar o PSD não tem lugar neste partido”, esclareceu o governante.

Albuquerque referiu que os objectivos do governo “estão a ser todos cumpridos” e em alguns aspectos “a exceder as expectativas”.

O governante voltou a referir que “não é por acaso” que neste momento todos os sectores da economia da Madeira estão em crescimento.

Albuquerque voltou a criticar a República por prejudicar a Madeira. Nesse sentido Albuquerque destacou que conta com o apoio de Rui Rio para resolver os problemas da Madeira que estão dependentes da República.

“Neste momento não estão a ser resolvidos porque há uma estratégia do próprio governo central, no sentido de prejudicar a Madeira, no sentido de condicionar a Madeira em função do calendário eleitoral que se avizinha”, realçou.

Ler mais
Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários